Filosofia Clínica e Gestão de Pessoas (ADM. DE RH)

Sabendo que a Gestão de Pessoas-GP ou Administração de Recursos Humanos-ARH tem por objetivo captar, capacitar, manter, potencializar, enfim, gerir/administrar o “capital humano” das empresas/organizações, compete às mesmas criarem e investirem em políticas internas que garantam esse setor, objetivando qualidade na capacitação e educação permanente de seus colaboradores, bem como motivação dos mesmos para o compromisso e sucesso da organização.

Para Gestores de Pessoas/Administradores de RH faz-se cada vez mais necessária uma formação sólida e equilíbrio no exercício de sua função, principalmente diante das constantes mudanças e exigências do mercado, mas também perante as mudanças e questionamentos dos modos de ser, pensar, agir que as novas tecnologias provocam nas pessoas e nas sociedades.

Nesse caso, a Filosofia Clínica-FC tem muito a contribuir, pois parte da historicidade dos indivíduos e das organizações, pautando sua atuação com base também no conhecimento filosófico construído ao longo da história.

A Filosofia Clínica, tendo como objetivo levar indivíduos e organizações a pensarem/agirem com autonomia, enfrentando os desafios que se lhes apresentam de forma coerente e utilizando de metodologia e instrumentos próprios e adequados para tanto, quer partilhar com a sua empresa/organização esse saber e essa prática, agregando valores e possibilitando, principalmente, relações humanas mais saudáveis e inspiradoras no ambiente de trabalho.

Paulo Roberto Grandisolli
[FClínica/Inst Packter; Filosofia/UCMG; GSS-FSP/USP] filósofo clínico, professor, administrador serv saúde, consultor