PARA QUE E COMO PROCEDE A FILOSOFIA CLÍNICA-FC

Sendo a FC uma terapêutica que faz uso do conhecimento filosófico construído ao longo da História, mas que primeiramente parte da historicidade, i. é, da história de vida de cada pessoa, tem por objetivo contribuir para que o partilhante, narrando a sua história e repensando seu modo de ser e estar no mundo, construa outros caminhos possíveis para sua vida.

Partilhante é como denominamos a pessoa que procura a terapia filosófica, por entender que ela vem partilhar com o terapeuta a sua história e este partilhará com ela seu conhecimento, através de uma relação de respeito e de método próprio para atingir o objetivo proposto.
Para tanto, o Filósofo Clínico, tomando conhecimento e propondo divisões e enraizamentos na historicidade da pessoa, irá perceber como está organizada sua Estrutura de Pensamento-EP, seu modo de pensar, de ser e de estar no mundo.

Com base nisso, como já dito no início, o terapeuta fará uso do conhecimento filosófico construído ao longo da história e do pensamento de filósofos/as que abordaram as questões da existência para ajudar o partilhante no entendimento de como funciona sua EP e das maneiras informais que este usa para trabalhar as questões que traz para a clínica. O Filósofo Clínico usará de procedimentos clínicos, chamados de sub-modos, de acordo com a EP do partilhante e que lhe são familiares, mesmo que de modo não muito claro para este, mas que funcionarão como molas propulsoras no repensar e no reestrururar seu pensamento e reelaborar suas ideias.

Entendemos que essa é uma abordagem clínica-terapêutica por resgatar os conceitos e significados dos termos gregos klinos e therapeo, o primeiro significando inclinar e o segundo, aquele que cuida, sendo papel do Filósofo Clínico, inclinar-se sobre a história de vida do partilhante, numa atitude de respeito e cuidado para com a pessoa.

Clique aqui e saiba mais sobre os nossos “Grupos de Estudos em Filosofia Clínica”

Gláucia Rita Tittanegro
[FClínica/Inst Packter; docPUG/Roma; pós-doc FSP/USP] professora universitária, pesquisadora em saúde pública, filósofa clínica, consultora

Paulo Roberto Grandisolli
[FClínica/Inst Packter; Filosofia/UCMG; GSS-FSP/USP] filósofo clínico, professor, administrador serv saúde, consultor